dd/mm/aaaa



Mulher com a Palavra

O bem-sucedido projeto “Mulher com a Palavra” chega ao quarto ano de atividades, reunindo personalidades da cultura brasileira para debater temas inquietantes sobre os direitos das mulheres, desta vez em torno da questão “Maternidades Possíveis”. Abrindo os trabalhos, uma conversa entre a cantora Mariene de Castro e a escritora Ana Maria Gonçalves, no dia 23 de julho, às 20h, na Sala Principal do Teatro Castro Alves, com mediação da apresentadora Rita Batista. O “Mulher com a Palavra” é uma iniciativa da Maré Produções Culturais, em parceria com a Secretaria de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia (SPM-BA), com o patrocínio da Avon e da Bahiagás.

De acordo com Dayse Porto, diretora artística do projeto, “o tema ‘Maternidades Possíveis’ foi escolhido para desconstruir mitos a respeito do tema, muitas vezes pensado de modo romantizado. Por isso, convidamos Mariene de Castro, que concilia a carreira e a criação dos seus quatro filhos, e a escritora Ana Maria Gonçalves, que optou por não ser mãe”.

A conversa vai girar em torno de perguntas como: quais as visões das mulheres de hoje para a potência da maternidade? Como enxergam as imposições relativas à educação de crianças pela sociedade? E a sacralização da figura da mãe, a quem atende? E a possibilidade de não ter filhos? A impossibilidade de escolher legalmente interromper uma gravidez? “Maternidades idealizadas e aquelas possíveis. O chamado para maternidades reais. A divisão de tarefas que recai na responsabilidade parental. O tema hoje desdobra múltiplos debates, desafios e delícias que aqui queremos discutir”, acrescenta Porto.

O “Mulher com a Palavra” se consolidou por debater temas caros aos direitos das mulheres, em sua diversidade, passando por diferentes questões e convidadas com trajetórias plurais. Em 2018, a presença de mulheres negras foi destaque no projeto, que reuniu nomes como Djamila Ribeiro, Conceição Evaristo, Karol Conká, Gaby Amarantos, Zezé Motta, Maíra Avezedo, Joice Berth, Lívia Natália e Carla Akotirene. Ainda participaram artistas como Daniela Mercury, Camila Pitanga, Taís Araújo, Pity, Marina Lima, Elza Soares, Zélia Duncan, Márcia Tiburi, Preta Gil, MC Carol e Elisa Lucinda.

Ana Maria Gonçalves – Nasceu em Ibiá, MG, em 1970. Trabalhou com Publicidade até 2001, quando se mudou para a Ilha de Itaparica e escreveu “Ao lado e à margem do que sentes por mim” e “Um defeito de cor” (Editora Record), ganhador do Prêmio Casa de las Américas (Cuba, 2007). Já publicou em Portugal, Itália e EUA, onde ministrou cursos e palestras sobre relações raciais e fez residência em universidades como Tulane, Stanford e Middlebury. Mora em São Paulo, onde escreve também para teatro, cinema e televisão.

Mariene de Castro – Com sua voz forte e marcante, despontou no cenário musical brasileiro como uma das mais talentosas artistas da nova geração de cantoras do Brasil. Quem a viu crescer nesses anos todos pôde notar em detalhes a lapidação de seu canto, potente, afinado e caloroso. A pedra lançada na corrente da música popular brasileira adquiriu forma e brilho próprios. A discografia traz obras como “Colheita” (2014), uma homenagem a Clara Nunes, intitulada “Uma Ser de Luz”, e “Tabaroinha”.

 

SERVIÇO

Mulher com a Palavra – Mariene de Castro e Ana Maria Gonçalves

Quando: 23 de julho de 2019 (terça-feira), 20h

É terminantemente proibida entrada após início do espetáculo

Onde: Sala Principal do Teatro Castro Alves

Quanto: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), das filas A a Z11

Classificação indicativa: Livre

 

VENDAS

Os ingressos para o espetáculo podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro Castro Alves, nos SACs do Shopping Barra e do Shopping Bela Vista ou pelos canais da Ingresso Rápido. Acesse página de vendas em http://site.ingressorapido.com.br/tca.

 

MEIA ENTRADA

A concessão da meia-entrada é assegurada em 40% do total dos ingressos disponíveis para o evento.

Estejam atentos! O Teatro Castro Alves cumpre a Lei Federal 12.933 de 29/12/2013, que determina que a comprovação do benefício de meia-entrada é obrigatória para aqueles que gozam deste direito. Estudantes devem apresentar a Carteira de Identificação Estudantil (CIE), não sendo aceitos outros documentos.

Data: 23/07/2019

Teatro Castro Alves - Praça Dois de Julho,s/n, Campo Grande, CEP 40080-121 - Salvador - Bahia - Brasil Telefone: (71) 4000-1139