dd/mm/aaaa



Orquestra Castro Alves

(Foto: Divulgação)

Nesta segunda-feira, 21 de novembro, às 20h, os jovens músicos da Orquestra Castro Alves (OCA) se apresentam no Teatro Castro Alves, sob a regência do maestro Marcos Rangel. O programa traz a Quinta Sinfonia de Tchaikovsky e obras de compositores brasileiros e estrangeiros. Os ingressos custam R$ 2 (meia) e R$ 4 (inteira) e podem ser adquiridos na bilheteria do TCA, nos SAC’s dos shoppings Bela Vista e Barra e no site da Ingresso Rápido.

É a primeira vez que a Orquestra Castro Alves interpreta uma sinfonia inteira de Tchaikovsky, um dos principais compositores russos do período romântico da história da música ocidental. “Está sendo uma experiência muito especial para os músicos da OCA porque esta sinfonia é trágica e, ao mesmo tempo, tem o frescor de melodias juvenis e traz muitos temas românticos. Tem muito a ver com a adolescência, com esta fase que eles estão vivendo", afirma Marcos Rangel.

As obras Abertura da Ópera Il Guarany, de Antônio Carlos Gomes, a Marcha n°4 de Pompa e Circunstância, de Edward Elgar, A Lista de Schindler, de John Williams e a Farandole da Suíte L’Arlésienne n°2, de Georges Bizet  fazem parte do programa do último concerto da OCA no principal palco do Estado da Bahia.

A Ópera Il Guarany será executada na abertura, numa homenagem aos 180 anos de nascimento do maior compositor brasileiro do século XIX, Antônio Carlos Gomes, que construiu uma obra reconhecida em todo o mundo.  Outro destaque da noite é a execução da Lista de Schindler, que terá como solista um dos jovens integrantes da OCA. “É um grande desafio solar em frente a uma orquestra e um dos integrantes terá a oportunidade de viver esta experiência. Vários deles estão estudando para interpretar a parte solista. Um deles será escolhido para solar na noite do concerto”, conta o regente Rangel.

 

Orquestra Castro Alves
Segunda formação do NEOJIBA, a Orquestra Castro Alves (OCA) surgiu em 2009, inicialmente como uma formação de cordas. No ano seguinte se transformou em orquestra sinfônica e recebeu o nome em homenagem ao poeta baiano. Formada por jovens entre 14 e 22 anos, a orquestra já realizou cerca de 70 apresentações para mais de 40 mil pessoas. Em 2015, a OCA se apresentou para mais de 3 mil pessoas, em sete cidades: Maceió, Recife, Caruaru, João Pessoa, Natal, Fortaleza e Salvador, durante sua primeira turnê pela região Nordeste do Brasil.

 

Marcos Rangel
É mestre em música pela UFRJ. Entrou no NEOJIBA em 2015 como coordenador do Núcleo Trancoso e desde o início de 2016 está à frente da OCA. Já atuou como regente da Orquestra MariucciaIacovino, do projeto Orquestrando a Vida, da Orquestra Sinfônica Jovem Brasileira, da Orquestra da Escola de Música da UFRJ, da Orquestra do Bard College Conservatory of Music, da Orquestra Juvenil Brasileira, da Orquestra Juvenil de Acarigua-Araure (Venezuela), entre outras. Iniciou os estudos musicais em 1999 como instrumentista e regente e participou de turnês em países como Bolívia, Argentina, Estados Unidos e Portugal.

 

Programa NEOJIBA
Criado em 2007 como um dos programas prioritários do Governo do Estado da Bahia, o NEOJIBA tem por objetivo promover o desenvolvimento e a integração social, prioritariamente de crianças, adolescentes e jovens em situações de vulnerabilidade, por meio do ensino e da prática musical coletiva. O NEOJIBA beneficia cerca de 4.600 crianças, adolescentes e jovens em todo o estado da Bahia. É uma ação da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (Justiça Social) e seu diretor fundador é o maestro e pianista Ricardo Castro.

 

SERVIÇO
Orquestra Castro Alves

Regente: Marcos Rangel
Teatro Castro Alves 
(Praça Dois de Julho, s/n, Campo Grande)
Segunda-feira, 21 de novembro, às 20h
Ingressos: 
R$ 2 (meia) e R$ 4 (inteira) - vendas a partir do dia 18 de novembro 
Programa:
- Abertura da Ópera Il Guarany - Antônio Carlos Gomes
- Pompa e Circunstância, Marcha n°4 - Edward Elgar
- A Lista de Schindler - John Williams
- L’Arlésienne Suíte n°2, Farandole - Georges Bizet
- Sinfonia n°5, em Mi Menor, Op. 64 - Piotr Ilitch Tchaikovsky
 

Data: 21/11/2016

Horário: 20:00

Valor: R$ 2 (meia) e R$ 4 (inteira)

Teatro Castro Alves - Praça Dois de Julho,s/n, Campo Grande, CEP 40080-121 - Salvador - Bahia - Brasil Telefone: (71) 4000-1139